Uma terapia baseada em células-tronco com potencial para tratar a esclerose múltipla

Princípios

  • Em pessoas com esclerose múltipla (EM), as injeções intratecais (IT) repetidas de progenitores neurais derivados de células-tronco mesenquimais (mesenchymal stem cell-derived neural progenitors, MSC-NPs) autólogas são seguras para uso em longo prazo e podem levar à reversão da incapacidade ou falta de progressão da doença, ambas sustentadas por 2 anos pós-tratamento.

Por que isso importa

    Este estudo complementa os dados limitados sobre a segurança e eficácia de longo prazo das injeções IT-MSC-NP em pessoas com EM.