Heterogeneidade clínica relacionada à idade na doença de Alzheimer grave

Princípios

  • Pacientes com doença de Alzheimer de início precoce (DAIP), especialmente aqueles sem o alelo de risco APOE ɛ4 (apolipoproteína E) da doença de Alzheimer (DA), têm maior probabilidade de relatar sintomas atípicos, que podem ser atribuídos de forma incorreta a uma patologia não DA.

Por que isso importa

  • A apresentação clínica e neuropatológica da DA depende de heterogeneidades relacionadas à idade, mas como muitos estudos não incluíram a verificação de necropsia, não se sabe como essa heterogeneidade se relaciona à patologia típica da DA, patologia não DA ou patologia não DA sobreposta à DA.

  • Em comparação com a DA de início tardio (DAIT), a DAIP é caracterizada por apresentações atípicas (declínio cognitivo mais rápido, comprometimento menos proeminente da memória e uma maior incidência de síndromes corticais focais), que são particularmente comuns na ausência do alelo de risco APOE ɛ4 da DA.

  • Este estudo investigou a heterogeneidade clínica da DA relacionada à idade para determinar sua relação com o genótipo APOE e patologia não DA.