A perda de consciência induzida por álcool é um fator de risco, em longo prazo, para demência

Princípios

  • Perder a consciência devido ao consumo de álcool dobra o risco de eventual demência, independentemente do consumo geral de álcool.

Por que isso importa

    A associação entre o consumo de álcool e o aumento do risco de demência geralmente está relacionada ao consumo geral; este é o primeiro estudo a demonstrar que a perda de consciência induzida pelo álcool aumenta ainda mais o risco. Isso sugere que o padrão de consumo de álcool pode ser ainda mais significativo do que a quantidade geral semanal consumida; os achados reforçam a compreensão das consequências do uso indevido de álcool no cérebro.