Associação entre múltiplas variantes de nucleotídeo único da APOE e risco de doença de Alzheimer

Princípios

  • Diversas variantes de nucleotídeo único (Single-nucleotide Variants, SNVs) na região da apolipoproteína E (APOE) estão associadas ao risco de doença de Alzheimer (DA), incluindo variantes não encontradas nos alelos Ɛ2/Ɛ3/Ɛ4.

Por que isso importa

    A associação entre a APOE e o risco de DA é bem conhecida, mas não se sabe se essa associação é independente das duas variantes missense, rs429358 e rs7412, localizadas nos alelos Ɛ2/Ɛ3/Ɛ4. Descobrir as relações entre as SNVs e o risco de DA ajudará a identificar os alvos de tratamento da DA.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.