Associação entre desempenho físico pré-operatório e desfechos pós-operatórios da fusão vertebral lombar

Princípios

  • As medidas de desempenho físico foram associadas a desfechos à curto e longo prazo após a fusão vertebral lombar (lumbar spinal fusion, LSF). A inclusão dessas medidas pode aumentar a precisão dos modelos de previsão para resultados da LSF.

Por que isso importa

  • A LSF envolve riscos significativos à saúde e descondicionamento físico (temporário).

  • Como existem grandes diferenças interindividuais é imperativo o uso de ferramentas de previsão para avaliação pré-operatória do nível de risco de um paciente para desfechos pós-operatórios insatisfatórios.

  • Os modelos de previsão atuais que usam as características do paciente e da cirurgia e medidas de resultado relatadas pelo paciente (patient-reported outcome measures, PROMs) não têm poder preditivo, ao passo que as medidas de desempenho físico demonstraram ser robustas na previsão de desfechos de cirurgias de grande porte.

  • A adição dessas medidas de desempenho físico aos modelos de previsão atuais permitiria a identificação mais precisa de pacientes de alto risco que podem se beneficiar de um treinamento adicional de pré-habilitação antes da LSF.