Medição da cognição baseada em fala digital automatizada validada

Pesquisadores relataram a validação de uma medida digital automatizada baseada na fala, que pode ser usada para identificar participantes com alterações na fala e na linguagem associadas ao comprometimento da cognição.

Os pesquisadores da Universidade Estadual do Arizona (Arizona State University), em Tampa, e outros centros nos EUA, desenvolveram uma métrica de relevância semântica (SemR) que é extraída algoritmicamente da fala. Ela mede a sobreposição entre o conteúdo de uma imagem e as palavras que o sujeito usa para descrever o que está vendo.

O algoritmo SemR foi desenvolvido com base em transcrições da imagem de “Roubo de Biscoitos” no Teste de Boston para o Diagnóstico das Afasias (Boston Diagnostic Aphasia Exam, BDAE), realizado por 25 participantes que forneceram amostras semanais de fala.