Exame de sangue para rastreio da doença de Alzheimer pré-clínica em uma coorte de nascimento britânica

Princípios

  • Em uma coorte com faixa de prevalência teórica de 10-50% de positividade na tomografia por emissão de pósitrons (PET) amiloide, a dosagem por espectrometria de massa de amiloide β1-42/1-40 reduziriam consistentemente o número de indivíduos que prosseguem para exames de imagem, demonstrando maior eficiência e custo reduzido.

Por que isso importa

  • Os avanços na pesquisa sobre a doença de Alzheimer (DA) produziram várias técnicas em potencial de detecção de um marcador sanguíneo para a DA, amiloide-β, durante o estágio pré-clínico da doença; no entanto, os achados sobre sua eficiência foram contraditórios.

  • A eficiência da cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas (liquid chromatography-mass spectrometry, LC-MS) na identificação de marcadores plasmáticos da DA pode levar ao aumento na triagem e na identificação de indivíduos em risco de desenvolver DA clínica, resultando em economia significativa de tempo e de custos, ao mesmo tempo em que permite intervenção precoce para populações em risco.