neurodiem-image

A IA pode ajudar a detectar déficits de marcha relacionados à doença de Parkinson?

De acordo com pesquisadores em Taiwan, a inteligência artificial (IA) pode ajudar a detectar distúrbios da marcha relacionados à doença de Parkinson (DP).

Há vários sistemas de avaliação de marcha disponíveis, observou o Dr. Ming-Che Kuo do Hospital Universitário Nacional de Taiwan em Taipé, Taiwan. No entanto, esses sistemas geralmente são caros, volumosos ou desconfortáveis e não portáteis.