Níveis do neurofilamento de cadeia leve no líquido cefalorraquidiano como biomarcadores de desfechos em encefalites

Princípios

  • Níveis mais elevados do neurofilamento de cadeia leve no líquido cefalorraquidiano (LCR-NfL) estão associados a piores desfechos de longo prazo na encefalite antirreceptor de N-metil-d-aspartato (anti-NMDARE), mas não se correlacionam aos desfechos de curto prazo; dano neuro-axonal identificado por níveis elevados de LCR-NfL corrobora a imunoterapia agressiva precoce para possivelmente prevenir lesões adicionais e evitar desfechos adversos secundários.

Por que isso importa

    Os níveis de LCR-NfL mostraram ser indicativos de danos axonais e são um biomarcador emergente em doenças neuro-inflamatórias do sistema nervoso central, mas sua contribuição na anti-NMDARE não é bem compreendida; biomarcadores da atividade da doença ajudarão a orientar as decisões de tratamento.