Desafios para o tratamento da AME durante a pandemia de COVID-19

O impacto da pandemia de COVID-19 no tratamento de pacientes com atrofia muscular espinhal (AME) foi avaliado em uma nova pesquisa apresentada na WMS 2020.

Especialistas da Universidade de Medicina de Varsóvia (Medical University of Warsaw), Polônia, analisaram os dados de todos os pacientes com AME tratados no centro entre novembro de 2019 e agosto de 2020. O lockdown na Polônia teve início em 16 de março.