Fatores clínicos associados à neurofibromatose tipo 1

Princípios

  • Os modelos de aprendizado de máquina conseguiram prognosticar precisamente pacientes com diagnóstico de glioma de vias ópticas (GVO) ou transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) com base em dados clínicos e demográficos prontamente disponíveis em crianças com neurofibromatose tipo 1 (NF1).

Por que isso importa

  • A NF1 é uma condição genética comum que afeta cerca de um em cada 3 mil nascimentos, com extrema variabilidade clínica. Nos dias atuais, os médicos são incapazes de prever a evolução da doença em uma criança específica, e o atendimento personalizado é desafiador.

  • O GVO e o TDAH são manifestações conhecidas da NF1. Não está claro se quaisquer fatores clínicos ou demográficos estão associados ao risco elevado de desenvolver essas complicações e se uma abordagem de aprendizado de máquina com base nesses dados pode ajudar a prever a evolução da doença em uma criança específica.