neurodiem-image

Ablação do SNC para dor oncológica: conceitos antigos novamente em evidência

Dores atribuídas a tumores afetam 90% dos pacientes com câncer,1 e, à medida que o câncer avança, as dores se tornam mais grave. Sendo assim, a dor não é apenas comum, mas também se torna mais impactante à medida que o fim da vida se aproxima.

Existem boas opções medicamentosas disponíveis para o tratamento da dor: por exemplo, os opioides, mas em certos casos eles não são suficientes. Dessa forma, se não podemos tratar ou eliminar a causa primária da dor, ou seja, o câncer, podemos pensar na dor como uma condição independente? Se considerarmos a dor em si como a condição a ser tratada, então, podemos tentar modular como o corpo lida com a dor.