A conversão para comprometimento cognitivo é comum na esclerose múltipla

Princípios

  • Ao longo de um período de cinco anos, uma em cada cinco pessoas com esclerose múltipla apresentará uma piora no estado cognitivo.

Por que isso importa

    Essas novas descobertas sugerem que na esclerose múltipla, processos normais cruciais para manter a estabilidade geral da rede são cada vez mais interrompidos à medida que a doença progride. Essas descobertas reforçam nossa compreensão do papel da rede de atenção ventral nos estágios iniciais da progressão clínica e podem ajudar a prever indivíduos com maior probabilidade de progredir para comprometimento cognitivo.