Desenvolvimento de novas lesões na RM cerebral de crianças com doença associada a anticorpos MOG

Princípios

  • Em alguns pacientes com doença associada ao anticorpo anti-glicoproteína da mielina de oligodendrócitos (Myelin Oligodendrocyte Glycoprotein Antibody-associated Disease, MOGAD), novas lesões cerebrais silenciosas se desenvolveram e não foram capazes de prever recidiva clínica; sua frequência em crianças com MOGAD foi menor do que em crianças com esclerose múltipla (EM) e rara em crianças com desmielinização anticorpos-negativa e não relacionada à EM.

Por que isso importa

    Aproximadamente 25% das crianças com MOGAD monofásica ou recorrente apresentam recidiva clínica, mas não se sabe se desenvolvem novas lesões silenciosas na ressonância magnética (RM) e se essas lesões são capazes de prever uma recidiva clínica. Compreender essas relações aperfeiçoará a tomada de decisões sobre imunoterapias crônica em crianças e frequência de RM de controle.