Dexametasona descartado como terapia independente para hematoma subdural crônico

As descobertas de primeira mão apresentadas na EAN 2021 sugerem que o dexametasona isoladamente não é tão seguro nem eficaz quanto a cirurgia para o tratamento de hematoma subdural crônico.

A Dra. Ishita Miah, do Centro Médico da Universidade de Leiden (Leiden University Medical Center), na Holanda, apresentou dados parciais do estudo multicêntrico DECSA [DExamethasone therapy in symptomatic patients with Chronic Subdural hematoma (terapia com dexametasona em pacientes sintomáticos com hematoma subdural crônico)], para o qual ela é a investigadora coordenadora. Este estudo foi encerrado precocemente devido a problemas de segurança.