Diagnóstico de demência em pacientes com analfabetismo ou baixo nível educacional: desafios e ferramentas atuais

Em uma sessão plenária na AAIC 2021, o professor Ricardo Nitrini da Universidade de São Paulo, Brasil, discutiu desafios no diagnóstico da demência em indivíduos com analfabetismo/baixo nível educacional (illiteracy/low education, I/LE).

O I/LE são fatores de risco para demência, disse o prof. Nitrini. Em um estudo conduzido em seis países latino-americanos, a prevalência de demência foi significativamente maior em indivíduos analfabetos do que em indivíduos letrados (15,7% versus 7,2%; p < 0,0001).