Parto prematuro e placenta prévia são mais comuns em gestantes com doença de Charcot-Marie-Tooth

Princípios

  • Gestantes com doença de Charcot-Marie-Tooth têm maior probabilidade de partos prematuros e placenta prévia, apesar do desfecho da gravidez e peso do recém-nascido serem normais.

Por que isso importa

    Este é o maior estudo para investigar gravidez e a evolução da doença de Charcot-Marie-Tooth. Os achados sugerem que gestantes com Charcot-Marie-Tooth devem ser rigorosamente monitoradas, principalmente no final da gravidez, em virtude de altas taxas de partos prematuros e possibilidade de agravamento da doença.