Avaliação da significância do EEG alterado em estudos do sono

Novas pesquisas constataram que crianças com achados anormais no EEG durante um estudo do sono têm alto risco de desenvolver crises epilépticas posteriormente.

A polissonografia é comumente utilizada para avaliar distúrbios do sono, como distúrbios respiratórios do sono e episódios noturnos, em crianças com ou sem comorbidades neurológicas. Ela inclui o uso limitado do EEG para estadiamento do sono.

Para averiguar se alterações no EEG durante a polissonografia estavam associado ao futuro desenvolvimento de crises epilépticas, pesquisadores do St Christopher’s Hospital for Children e da Escola de Medicina da Universidade Drexel (Drexel University College of Medicine), na Filadélfia, Pensilvânia, EUA, realizaram uma análise retrospectiva de prontuários.

A Ology Medical Education é uma fornecedora global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A Ology Medical Education não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a Ology Medical Education recomenda que deva ser feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da Ology Medical Education ou do patrocinador. A Ology Medical Education não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.