Treinamento de marcha assistida por exoesqueleto em indivíduos com esclerose múltipla

Princípios

  • Um pequeno estudo piloto de treinamento de marcha assistido por exoesqueleto em indivíduos com esclerose múltipla (EM) e incapacidade grave apresentou melhoras significativas, mas de curta duração, na força muscular e na velocidade de caminhada, em comparação com a fisioterapia domiciliar.

Por que isso importa

  • Em indivíduos com EM e incapacidade moderada a grave, a marcha é afetada pela baixa estabilidade e coordenação, diminuição da velocidade e do comprimento do passo e simetria e eficiência comprometidas.

  • A reabilitação motora em indivíduos com EM tem como foco principal melhorar e manter a marcha. O treinamento de marcha assistida por robô foi investigado como um meio de melhorar a marcha em indivíduos com EM; no entanto, estudos informaram resultados mistos, e o impacto do treinamento de marcha assistida por robô permanece incerto.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.