Extensão da variabilidade da PA sistólica ligada a desfechos após TEV

Uma maior variabilidade da pressão arterial (VPA) sistólica após trombectomia endovascular (TEV) está associada a um resultado funcional pior, de acordo com novos achados de um grande estudo multicêntrico.

Na AAN 2021, o Dr. Ayush Prasad da Divisão de cuidados neurocríticos e neurologia de emergência da Escola de Medicina de Yale (Yale School of Medicine), em New Haven, em Connecticut, nos EUA, relatou dados de um estudo para caracterizar a VPA após a TEV e os efeitos sobre o resultado funcional.