neurodiem-image

Terapia genética para DP: desafios e oportunidades atuais

Em uma sessão na MDS 2021, o Dr. Aristide Merola da Universidade Estadual de Ohio (Ohio State University) em Columbus, Ohio, EUA, apresentou uma atualização sobre a terapia genética para doença de Parkinson (DP) e outros distúrbios de movimento.

No total, 10 estudos clínicos avaliaram terapias genéticas em um total de 232 pacientes com DP. Em cada estudo, o tratamento foi administrado localmente usando neurocirurgia estereotáxica. Embora os resultados iniciais tenham variado, algumas melhoras positivas foram documentadas, como aumento da captação de dopamina e melhora da conectividade funcional cerebral.