Glucarpidase permite a administração ambulatorial de dose alta de metotrexato durante a pandemia da COVID-19

Apresentando dados preliminares na SNO 2020, pesquisadores mostraram que a glucarpidase permite a administração ambulatorial de metotrexato em dose alta (high-dose methotrexate, HD-MTX) em pacientes com linfoma do Sistema Nervoso Central (SNC).

“Pacientes com linfoma do SNC que recebem HD-MTX de primeira linha necessitam de hospitalização para monitoramento e hidratação agressiva para evitar toxicidade”, disse a Dra. Lauren Schaff do Centro de Tratamento de Câncer Memorial Sloan Kettering (Memorial Sloan Kettering Cancer Center) em Nova York, Nova York, nos EUA. No entanto, isso pode ser impossível durante a pandemia da COVID-19. “Quando a incidência local da COVID-19 é alta, os recursos hospitalares são limitados e há um esforço para limitar o contato do paciente com o sistema de saúde”, disse ela.

A Ology Medical Education é uma fornecedora global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A Ology Medical Education não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a Ology Medical Education recomenda que deva ser feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da Ology Medical Education ou do patrocinador. A Ology Medical Education não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.