Neurofilamento sérico elevado e lesão difusa da substância branca na esclerose múltipla

Princípios

  • A elevação do neurofilamento de cadeia leve (NfL) sérico na esclerose múltipla (EM) é decorrente de lesão neuroaxonal dentro da substância branca de aparência normal (SBAN) e lesões focais em T2.

Por que isso importa

  • O NfL é um biomarcador promissor para avaliar a atividade de doença na EM, uma vez que se acredita que níveis aumentados estejam associados à lesão neuroaxonal; no entanto, a patologia subjacente pode variar amplamente tanto inter quanto intraindividualmente.

  • A associação de níveis séricos elevados de NfL com lesões da substância branca enfatiza seu uso como biomarcador para lesão neuroaxonal na EM e um papel potencial como indicador precoce de novas lesões da substância branca ou recidivas da doença nessa condição.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.