Identificação de dois marcadores de epítopos que preveem esclerose múltipla em pacientes com neurite óptica

Princípios

  • Este estudo piloto sobre o diagnóstico de epítopos para esclerose múltipla (EM) identifica novas características de doenças imunológicas usando análise de variação de mimótopos (mimotope variation analysis, MVA) imparcial.

Por que isso importa

  • A neurite óptica (NO) pode ocorrer isoladamente ou evoluir para EM. No entanto, os fatores preditivos dessa progressão permanecem pouco conhecidos, assim como os antígenos do sistema nervoso central (SNC) direcionados por células T e B na EM.

  • A identificação de novas características da doença destaca a importância de compreender a imunorreatividade no nível de epítopo na EM, de modo a ajudar nos esforços atuais e futuros para o desenvolvimento de tratamento personalizado.