Neuroimagem revela alterações de conectividade dinâmica local no declínio cognitivo subjetivo

Novos achados do estudo identificam alterações iniciais na atividade e conectividade cerebral durante o declínio cognitivo subjetivo (DCS).

No DCS – estágio pré-clínico do espectro da doença de Alzheimer – queixas subjetivas de memória (QSMs) se desenvolvem antes do comprometimento cognitivo objetivo. Desconexão local, integração ineficiente e modificações compensatórias são os sinais das alterações iniciais da atividade cerebral intrínseca (ACI) no espectro da Doença de Alzheimer.

A Dra. Yi-Chia Wei do Chang Gung Memorial Hospital em Keelung, Taiwan, apresentou os resultados de um estudo usando RM funcional em repouso (RMf-rs) para avaliar a ACI dinâmica no DCS.