Investigação dos resultados de segurança com mobilização precoce de pacientes com AVE

Princípios

  • A mobilização muito precoce de pacientes com acidente vascular encefálico (AVE) está associada a maior risco de mortalidade quatorze dias após o AVE.

Por que isso importa

  • O perfil de risco-benefício da mobilização precoce após um AVE não é claro.

  • O Estudo de reabilitação muito precoce (A Very Early Rehabilitation Trial, AVERT) foi um estudo randomizado que investigou a diferença nos resultados de eventos adversos graves (EAG) entre um protocolo de mobilização muito precoce (very early mobilization, VEM), que incluiu uma maior quantidade, frequência e intensidade de tarefas fora do leito – treinamento específico para sentar, ficar em pé e caminhar, em comparação com o padrão habitual de cuidados (usual standard of care, UC).

  • Os desfechos primários de segurança do AVERT foram lidos três meses após o AVE; no entanto, uma análise pré-especificada também foi planejada para uma avaliação de quatorze dias, cujos resultados são aqui relatados.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.