A doença leptomeníngea é prevalente em gliomas com mutações de histonas

Uma nova pesquisa sugere que a doença leptomeníngea (leptomeningeal disease, LMD) é prevalente em pacientes com gliomas que contêm mutações da histona-3 (H3).

De acordo com a Dra. Maria Diaz e colegas do centro de tratamento de câncer Memorial Sloan Kettering (Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, MSKCC) em Nova York, EUA, “a classificação da OMS de 2016 descreveu um subtipo de gliomas de linha média abrigando mutações K27M da H3. A edição de 2021 adicionou um novo subtipo de gliomas hemisféricos difusos com mutações G34R/V da H3”.