Aproveitamento de dados heterogêneos para estudo da neurociência cognitiva do desenvolvimento

Apresentando-se na reunião anual do CNS 2021, o Dr. Alexander Cohen, do Boston Children’s Hospital, em Massachusetts, EUA, propôs abordagens para lidar com a heterogeneidade de dados de pesquisa e pacientes enquanto estuda o desenvolvimento comportamental, bem como o desenvolvimento da estrutura e função cerebral.

A neurociência cognitiva e de desenvolvimento tradicional foi baseada em comparações em nível de grupo. No entanto, no passado recente, a população de pacientes tornou-se muito menos dicotômica, e reunir os resultados em fenótipos ou agrupamentos óbvios tornou-se um desafio, especialmente ao lidar com medidas em que os tamanhos dos efeitos são muito menores.