Dados de longo prazo sobre o uso de TMD

Novos achados apresentados no MSVirtual2020 incluíram dados de longo prazo de estudos sobre o uso de alentuzumabe e fumarato de dimetila.

Em uma sessão sobre terapias modificadoras da doença (TMDs) e gestão de risco, o Professor Alasdair Coles da Faculdade de Medicina da Universidade de Cambridge (University of Cambridge School of Medicine), no Reino Unido, apresentou dados sobre a terapia com o anticorpo monoclonal anti-CD52 alentuzumabe na EM recorrente-remitente (EMRR)