Desfechos de longo prazo do transplante de células-tronco hematopoiéticas em pacientes com esclerose múltipla

Leia este artigo em inglês

Princípios

  • O transplante autólogo de células-tronco hematopoiéticas (TACTH) evita a progressão da incapacidade na maioria dos pacientes e induz melhora duradoura na incapacidade em pacientes com esclerose múltipla recorrente-remitente (EMRR).

Por que isso importa

  • A imunossupressão intensa seguida por TACTH (visa induzir a autotolerância celular por meio de renovação extensiva do sistema imune) foi estudada como uma estratégia de tratamento para EM agressiva. No entanto, de modo geral os dados de desfechos se limitam ao acompanhamento de curto prazo.

  • Os desfechos clínicos positivos de longo prazo do TACTH na EM podem afetar significativamente o tratamento futuro e as estratégias de controle desse quadro clínico, melhorando a qualidade de vida a longo prazo e os resultados emocionais para os pacientes.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.