Índice de massa corporal materna pré-gravidez, crescimento fetal e desenvolvimento cerebral neonatal

Princípios

  • O índice de massa corporal (IMC) materna pré-gravidez (maternal pre-pregnancy, mpp) está associado à regulação do peso corporal fetal e conectividade funcional (CF) do tálamo em neonatos.

Por que isso importa

  • Um maior IMC-mpp está associado a resultados adversos de longo prazo para a prole, incluindo piores habilidades cognitivas e sociais e aumento do risco de transtorno psiquiátrico e obesidade. No entanto, o impacto do IMC no crescimento fetal e no desenvolvimento cerebral não está claro.

  • A associação de maior IMC-mpp com parâmetros de crescimento fetal auxilia na compreensão atual do impacto sistêmico amplo da obesidade e pode impactar de modo potencial o cuidado pré-natal futuro de mulheres com IMC mais alto, em conjunto com o cuidado pós-natal da prole.