Índice de massa corporal materna pré-gravidez, crescimento fetal e desenvolvimento cerebral neonatal

Princípios

  • O índice de massa corporal (IMC) materna pré-gravidez (maternal pre-pregnancy, mpp) está associado à regulação do peso corporal fetal e conectividade funcional (CF) do tálamo em neonatos.

Por que isso importa

  • Um maior IMC-mpp está associado a resultados adversos de longo prazo para a prole, incluindo piores habilidades cognitivas e sociais e aumento do risco de transtorno psiquiátrico e obesidade. No entanto, o impacto do IMC no crescimento fetal e no desenvolvimento cerebral não está claro.

  • A associação de maior IMC-mpp com parâmetros de crescimento fetal auxilia na compreensão atual do impacto sistêmico amplo da obesidade e pode impactar de modo potencial o cuidado pré-natal futuro de mulheres com IMC mais alto, em conjunto com o cuidado pós-natal da prole.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.