Medida da assimetria da retina em indivíduos com esclerose múltipla

Princípios

  • A diferença percentual do interior do olho (Inner-eye Percentage Difference, IEPD) ou a diferença absoluta entre os olhos (Inter-eye Absolute Difference, IEAD), calculadas com o uso de tomografia de coerência óptica (Optical Coherence Tomography, OCT), podem ser recomendadas como um teste de suporte adicional para o diagnóstico de esclerose múltipla (EM) em indivíduos jovens com menos de cinco comorbidades.

Por que isso importa

    A EM é uma doença debilitante que afeta predominantemente adultos jovens no auge da vida profissional. Há uma necessidade de critérios de diagnóstico precisos para que os indivíduos com EM possam ter acesso a tratamentos modificadores da doença aprovados. Uma revisão anterior dos critérios diagnósticos para EM destacou o valor de incluir a OCT como um teste diagnóstico complementar. Os resultados deste estudo são a primeira evidência de que os exames de OCT podem contribuir para o diagnóstico da EM, o que pode ajudar a reduzir a necessidade de procedimentos invasivos e caros.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.