O receptor metabotrópico de glutamato 5 regula a plasticidade sináptica em um modelo de enxaqueca crônica em ratos

Princípios

  • O receptor metabotrópico de glutamato 5 (metabotropic glutamate receptor 5, mGluR5) pode contribuir para a sensibilização central da enxaqueca crônica (chronic migraine, CM) através da regulação da plasticidade sináptica por meio da sinalização da proteína quinase C (PKC)/NR2B; o mGluR5 pode, portanto, ser um alvo potencial para tratamentos para CM.

Por que isso importa

  • A sensibilização central é considerada o principal mecanismo patológico da CM. Estudos anteriores mostraram que a plasticidade sináptica contribui para a sensibilização central na CM e indicam que receptores metabotrópicos de glutamato podem regular essa plasticidade sináptica.

  • Portanto, é importante entender o papel dos receptores metabotrópico de glutamato na sensibilização central na CM para identificar um potencial candidato terapêutico para a CM.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.