Níveis de neurofilamento de cadeia leve influenciam a capacidade da atividade física retardar a taxa de declínio cognitivo em idosos

Princípios

  • Atividade física moderada ou alta pode retardar o declínio cognitivo em idosos, mas a magnitude do efeito varia de acordo com os níveis séricos de neurofilamento de cadeia leve.

Por que isso importa

  • A relação entre os níveis séricos de neurofilamento de cadeia leve e a atividade física com a taxa de declínio cognitivo em idosos não é clara.
  • Os achados deste estudo exclusivo sugerem que indivíduos com níveis séricos mais elevados de neurofilamento de cadeia leve podem precisar de mais atividade física para retardar o declínio cognitivo.