Resultado neurológico e qualidade de vida três meses após a COVID-19

Princípios

  • Sintomas neurológicos são comuns no acompanhamento de 3 meses apesar da recuperação da infecção aguda por coronavírus 2019 (COVID-19).

Por que isso importa

  • Pouco se sabe sobre as consequências neurológicas ou neuropsiquiátricas de longo prazo da COVID-19. Embora os poucos estudos disponíveis pareçam indicar que alguns sintomas podem permanecer por pelo menos três meses, particularmente em pacientes com infecção grave.

  • A prevalência de sintomas neurológicos após a recuperação da COVID-19 adiciona uma percepção sobre as sequelas de longo prazo dessa doença e pode constituir um ponto de partida para estudos adicionais em andamento de pacientes com COVID-19 para avaliar a duração dos sintomas neurológicos e o impacto na qualidade de vida.