Novos biomarcadores diferenciam rapidamente distúrbios neurológicos

Pesquisadores na Suíça demonstraram que biomarcadores no líquido cefalorraquidiano (LCR) podem ajudar a diferenciar rapidamente a esclerose múltipla (EM) de outros distúrbios neurológicos na fase aguda.

De acordo com o Dr. David Leppert da Universidade da Basileia (University of Basel), na Suíça, muitas vezes é difícil diferenciar entre as fases agudas das doenças do espectro da neuromielite óptica (neuromyelitis optica spectrum disorders, NMOSD), doença associada ao anticorpo antiglicoproteína da mielina de oligodendrócitos (myelin oligodendrocyte glycoprotein, MOG) (myelin oligodendrocyte glycoprotein associated disease, MOGAD) e EM recorrente/remitente (EMRR).

A Ology Medical Education é uma fornecedora global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A Ology Medical Education não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a Ology Medical Education recomenda que deva ser feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da Ology Medical Education ou do patrocinador. A Ology Medical Education não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.