Pacientes com cefaleia antes de uma lesão cerebral traumática têm menos probabilidade de ter cefaleia pós-traumática

Especialistas na conferência AHS 2022 relataram como um histórico de cefaleia antes da lesão cerebral traumática (LCT) pode afetar as características da cefaleia pós-lesão e os resultados a longo prazo.

Pesquisadores de centros nos EUA e Japão realizaram uma análise exploratória de pacientes com LCT incluídos no Registro Americano para Pesquisa de Enxaqueca (American Registry for Migraine Research, ARMR). Eles avaliaram dados de 565 indivíduos com LCT, dos quais 350 tinham diagnóstico prévio de cefaleia.