Níveis séricos periféricos da S100B em enxaqueca crônica

Princípios

  • Os níveis séricos interictais da S100B não são elevados em pessoas com enxaqueca crônica (EC) e não são, portanto, um marcador útil da ativação do sistema trigeminovascular (STV) glial periférico em EC.

Por que isso importa

  • A proteína de ligação a cálcio S100B é encontrada principalmente no citoplasma de células gliais, que se estende pelo STV, um sistema com um papel importante na fisiopatologia da enxaqueca. Embora a S100B seja liberada em resposta à inflamação, os achados que o associam à enxaqueca são contraditórios.

  • A enxaqueca crônica é debilitante e frequentemente associada ao uso excessivo de analgésicos. A identificação de biomarcadores interictais pode levar à intervenção precoce e à eficácia do medicamento potencialmente maior e mais direcionada em doses mais baixas.