Sensor transcraniano portátil detecta e classifica rapidamente o acidente vascular cerebral

Pesquisadores afirmam que um dispositivo portátil que diferencie rapidamente entre AVC isquêmico e hemorrágico poderia reduzir atrasos no diagnóstico e tratamento de AVC agudo.

Dr. Shane Shahrestani da Universidade do Sul da Califórnia (University of Southern California) e do Instituto de Tecnologia da Califórnia (California Institute of Technology) em Los Angeles, na Califórnia, EUA, observou que o tratamento do AVC depende do subtipo (isquêmico ou hemorrágico) e a diferenciação dos dois subtipos normalmente requer exames de imagem com TC ou RM. No entanto, atrasos no processo diagnóstico, incluindo atrasos devido a exames de imagem, podem piorar o prognóstico do paciente.

“Estudos anteriores mostraram que o tempo entre o AVC e o tratamento pode exceder 2 horas”, disse o Dr. Shahrestani. “E grande parte desse tempo é consumido pelo transporte de pacientes e pela obtenção de exames de imagens”.