Perda de consciência induzida por propofol e atividade cerebral

Princípios

  • A inconsciência induzida pelo propofol é caracterizada inicialmente por uma dissociação transitória, em grande escala, entre as redes cortical e subcortical.

Por que isso importa

  • O cérebro funciona por meio de padrões de sincronicidade, variando em diferentes estados, como no ciclo de sono-vigília. No entanto, pouco se sabe sobre os processos neurofuncionais que estão por trás da mudança de estado de consciência.

  • Um maior entendimento da funcionalidade subjacente dos estados de consciência pode potencialmente beneficiar pessoas com distúrbios do sono e outros distúrbios envolvendo a mudança do estado de consciência, por meio do desenvolvimento de estratégias terapêuticas e de terapias alvo.