Avanços recentes fazem da medicina de precisão para crianças com tumores cerebrais uma realidade

As terapias alvo são promissoras no tratamento de pacientes pediátricos com glioma, de acordo com uma apresentação de especialistas na EAN 2021.

Apenas cerca de 5% a 8% dos adultos com glioblastoma são elegíveis para terapias alvo por genoma, e um número ainda menor de pacientes será beneficiado pelo tratamento, disse a Dra. Sabine Mueller da Universidade da Califórnia em São Francisco (University of California San Francisco), na Califórnia, nos EUA. Em crianças, no entanto, uma proporção maior de pacientes pode ser elegível para terapias alvo por genoma.