Redução da dor e uso de analgésicos após cirurgia de hérnia com estimulação elétrica nervosa transcutânea

Princípios

  • A estimulação elétrica nervosa transcutânea (Transcutaneous Electrical Nerve Stimulation, TENS) poderia ser usada na prática diária como parte de um plano de tratamento pós-operatório multimodal após reparo aberto de hérnia inguinal, especialmente para pacientes que sofrem de hiperalgesia.

Por que isso importa

  • A dor pós-operatória é uma queixa comum dos pacientes após reparo de hérnia inguinal e pode levar à superdosagem de analgésicos, efeitos colaterais associados, recuperação arrastada e altos custos de tratamento.

  • TENS é uma técnica não invasiva usada para tratar condições de dor aguda e crônica de origem nociceptiva e neuropática, com baixo risco de toxicidade ou outros efeitos colaterais.

  • A TENS foi eficaz na redução da dor medida por uma escala analógica visual (EVA), bem como na redução do uso adicional de medicação analgésica.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.