Relação entre soropositividade para citomegalovírus e risco de esclerose múltipla

Princípios

  • A soropositividade para citomegalovírus (CMV) está associada a um menor risco de desenvolvimento de esclerose múltipla (EM), e indivíduos soronegativos para CMV, mas soropositivos para o vírus Epstein Barr (EBV) ou o herpesvírus humano 6A (HHV-6A) correm maior risco de desenvolvimento de EM.

Por que isso importa

    Foi determinado que o EBV é um fator de risco para EM, e o HHV-6A também parece estar associado a um maior risco de EM, mas a compreensão da relação entre o CMV e o desenvolvimento de EM não é clara. Este estudo demonstrou que a soropositividade para CMV leva à redução do risco de EM e tem implicações para o futuro rumo do tratamento.