Pesquisadores aproveitam nova tecnologia para identificar genes associados à DA

Foram identificados novos genes que podem estar associados à doença de Alzheimer (DA), de acordo com os pesquisadores da Universidade de Emory (Emory University), em Atlanta, Geórgia, EUA.

Para identificar os genes, os pesquisadores utilizaram uma abordagem inovadora que combinou dados de estudos de associação genômica ampla (genome-wide association studies, GWAS) e estudos proteômicos. Eles analisaram os proteomas de 376 pacientes com um amplo espectro de neurodegeneração e declínio cognitivo e integraram os resultados com os dados de um GWAS recente com mais de 450.000 participantes.

A análise focou em proteínas que estavam presentes em abundância e variantes localizadas dentro ou próximo a genes que codificam proteínas abundantes.