neurodiem-image

Triagem para comprometimento cognitivo precoce: “mudanças rápidas à frente”

Avanços recentes na identificação de marcadores de mudança cognitiva irão mudar a maneira como pensamos sobre detectar e tratar os primeiros sinais de comprometimento cognitivo e da doença de Alzheimer (DA).

Estamos identificando mudanças mais precocemente e desenvolvendo ferramentas precisas para prever o risco de progressão. Agora que as terapias modificadoras da doença estão começando a se tornar disponíveis, a triagem da população para DA em estágio inicial pode rapidamente deixar de ser um conceito e se tornar realidade.