Os níveis séricos de neurofilamento de cadeia leve estão elevados mesmo no estágio pré-atáxico da ataxia espinocerebelar tipo 1

Princípios

  • Os níveis de neurofilamento de cadeia leve estão elevados tanto na ataxia espinocerebelar tipo 1 atáxica quanto pré-atáxica e estão relacionados ao início da ataxia.

Por que isso importa

  • Os níveis de neurofilamento de cadeia leve foram propostos como biomarcadores circulantes no estágio atáxico da ataxia espinocerebelar tipo 1.

  • Os achados deste estudo multicêntrico sugerem que os níveis séricos do neurofilamento de cadeia leve são biomarcadores periféricos facilmente acessíveis para estratificação do estágio pré-atáxico, mais terapeuticamente relevante, especialmente para capturar a proximidade ao início e dano neuronal precoce na ataxia espinocerebelar tipo 1.