Promotor oncogênico único de glioblastoma: O fator de splicing SRSF3.

Princípios

  • O SRSF3 foi diretamente associado ao desenvolvimento, progressão e agressividade do glioblastoma e também se correlacionou com a sobrevida do paciente. Esse gene representa um novo alvo terapêutico que justifica testes clínicos.

Por que isso importa

  • Há dados emergentes que indicam que os mecanismos de splicing de genes são alterados nos tumores, o que leva a eventos de splicing oncogênicos associados à suas progressões e agressividades.

  • Os resultados deste estudo trazem importantes informações sobre o mecanismo de splicing em glioblastomas e para o desenvolvimento de novas estratégias, de modo a auxiliar no diagnóstico, prognóstico e tratamento de glioblastomas.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.