Tratamentos para AME: apresentação de novos dados sobre o uso em longo prazo

Vários estudos apresentados na conferência virtual ICNA/CNS 2020 forneceram novos dados sobre tratamentos para a atrofia muscular espinhal (AME).

O Dr. Jerry Mendell do Centro de Terapia Gênica [Center for Gene Therapy] no Nationwide Children’s Hospital em Columbus, Ohio, EUA, relatou o acompanhamento de longo prazo de 13 pacientes com AME tipo 1 tratados com a terapia gênica onasemnogene abeparvovec.

Ele relatou que uma resposta duradoura e sustentada foi obtida em até 5,2 anos (na coorte de dose terapêutica) após a administração da dose em pacientes com até 5,6 anos de idade. Os marcos motores e a sobrevida foram mantidos na coorte de dose terapêutica e dois pacientes ganharam um marco.

mEm uma apresentação em separado dos resultados parciais do estudo STR1VE-EU do onasemnogene abeparvovec, os pesquisadores relataram que dos 32 pacientes com AME tipo 1 tratados (65,6%) 21 já haviam alcançado marcos de desenvolvimento motor não observados na história natural da condição. A ocorrência de eventos adversos foi consistente com os relatos anteriores.

A Ology Medical Education é uma fornecedora global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A Ology Medical Education não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a Ology Medical Education recomenda que deva ser feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da Ology Medical Education ou do patrocinador. A Ology Medical Education não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.