Teleepilepsia inteligente: o caminho a seguir para os cuidados de rotina

Segundo um especialista, a teleepilepsia inteligente, que ajuda no diagnóstico e tratamento por meio do uso de telefones, dispositivos vestíveis e outros dispositivos, é o caminho a seguir para os cuidados de rotina da epilepsia.

Entre os tópicos importantes do simpósio sobre epilepsia e COVID-19, o Dr. William Tatum, professor de neurologia da Mayo Clinic em Jacksonville, na Flórida, EUA, forneceu uma visão geral dos avanços obtidos desde o início da pandemia da COVID-19 em março de 2020.

Enquanto o monitoramento por vídeo-EEG (video-EEG monitoring, VEM) continua sendo o padrão ouro para diagnóstico e avaliação pré-cirúrgica, a pandemia da COVID-19 tornou seu acesso difícil, fomentando o uso e a avaliação de tecnologias digitais alternativas para o tratamento da epilepsia.