As estatinas não aumentam o risco de hemorragia intracerebral na fibrilação atrial, afirmam pesquisadores

Novas evidências sugerem que as estatinas não aumentam o risco de hemorragia intracerebral (HIC) em pacientes com fibrilação atrial (FA) que também estejam recebendo terapia com anticoagulantes orais de ação direta (direct oral anticoagulant, DOAC).

“Os DOACs têm sido amplamente usados na prevenção de AVC em pacientes com FA de alto risco”, disse a Dra. Ting-Yu Chang do Chang Gung Memorial Hospital em Taoyuan, Taiwan. “Pacientes com FA que precisam de DOACs geralmente têm múltiplos fatores de risco cardiovascular, então esse grupo de pacientes pode se beneficiar do controle lipídico com estatinas”, ela afirmou. A possibilidade da terapia com estatinas aumentar o risco de HIC é um objeto de discussão.